Agosto Dourado

 

É POSSÍVEL AMAMENTAR EM TEMPOS DE COVID-19

Até o momento, não há evidências científicas da transmissão do coronavírus pelo leite materno. Assim, considerando todos os benefícios da amamentação para a criança e a provável passagem de anticorpos maternos específicos pelo leite é recomendado que a mãe, mesmo com suspeita ou com confirmação de infecção pela SARS-CoV-2, mantenha o aleitamento materno.

Se as condições de saúde da mãe forem favoráveis é importante seguir os seguintes cuidados, uma vez que se estiver infectada pode transmitir o vírus através de gotículas respiratórias durante o contato com a criança, incluindo o período da amamentação:
• Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos antes e depois de tocar o bebê.
• Cobrir a boca e nariz com lenço de papel ao tossir e espirrar. Descartar o lenço e lavar as mãos logo após.
• Usar máscara (cobrindo completamente nariz e boca) durante a amamentação e em todos os cuidados com o bebê.
• Trocar a máscara imediatamente em caso de tosse ou espirro ou a cada nova mamada.
• Manter 1 a 2 metros de distância do bebê após a mamada.
• Manter o ambiente bem ventilado e não permitir visitas.

A mãe com quadro mais grave de COVID-19 ou com complicações que a impeça de cuidar da criança ou de continuar a amamentação direta, deve ser encorajada e apoiada a extrair o leite para ser administrado ao bebê. Nesse caso, pode ser necessário que outra pessoa saudável cuide da criança e administre o leite. 

 

OUTRAS INFORMAÇÕES IMPORTANTES

BENEFÍCIOS DA AMAMENTAÇÃO

A amamentação é a melhor escolha para a alimentação do bebê, pois traz benefícios tanto para o bebê como para a mãe.

Benefícios para o bebê:
Menor risco de morrer;
Proteção contra morte do berço;
Melhor nutrição, melhor digestão e menos cólicas;
Proteção contra infecções, principalmente diarreia e infecções respiratórias, como pneumonia, e otite;
Menos chance de ter diabetes, sobrepeso e obesidade na vida adulta;
Menor risco de leucemia na infância;
Melhor desenvolvimento neurológico. QI mais alto. Renda mais alta e maior produtividade na vida adulta.

Benefícios para a mãe:
Melhor recuperação pós-parto;
Menor risco de depressão pós-parto;
Prevenção de câncer de mama;
Diminui o risco de desenvolver diabetes ou câncer de ovário;
É mais prático e menos trabalhoso. O leite está pronto, não necessita preparo e é mais econômico;
Melhor vínculo mãe e bebê.
ENTÃO PARA SEU FILHO E PARA VOCÊ TEREM UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL, AMAMENTE POR DOIS ANOS OU MAIS. NOS PRIMEIROS SEIS MESES DÊ SOMENTE O LEITO DO PEITO.

 

CUIDADOS PARA A EXTRAÇÃO DO LEITE MATERNO

Preparo do frasco para coletar o leite

 AGOSTO DOURADO 1

Escolher um frasco de vidro incolor de boca larga e com tampa plástica, como, por exemplo, os vidros de café solúvel (Não usar vidro com tampa de metal).
Retirar todos os rótulos, inclusive os papéis da tampa.

 

 AGOSTO DOURADO 2

Lavar bem o frasco com água e detergente neutro incolor. Enxaguar com bastante água.

 

 AGOSTO DOURADO 3

Ferver a tampa e o frasco por 15 minutos, contando o tempo a partir do início da fervura.

 

 AGOSTO DOURADO 4

Escorrer o vidro e a tampa sobre um pano limpo até eles secarem.
Depois de secos, fechar bem o frasco.

 

Extração do leite
• Procurar um local tranquilo da casa, evitando àqueles que tragam risco à qualidade do leite, como sanitários, dependências onde se encontrem animais domésticos ou produtos de odor forte.
• Retirar anéis, pulseiras e relógio.
• Colocar uma touca ou um lenço no cabelo.
• Colocar máscara cobrindo completamente boca e nariz.
• Lavar mãos e antebraços com água e sabão imediatamente antes de cada extração láctea. Secar as mãos com toalha limpa e exclusiva para esta finalidade.
• Evitar conversar durante a extração láctea.
• Realizar a massagem das mamas, como demonstrado nas figuras 1, 2 e 3.

AGOSTO DOURADO 5

Figura 1 - Iniciar a massagem da mama pela região areolar com movimentos circulares com 2 dedos.

AGOSTO DOURADO 6

Figura 2 - Apoiar a mama com uma mão e com a palma da outra mão massagear toda a mama no sentido aréola-tórax com movimentos circulares.

AGOSTO DOURADO 7

Figura 3 - Massagear toda a mama, por pelo menos 1 minuto em cada mama.

• Colocar sobre a mesa o material esterilizado (frasco de vidro com tampa de plástico).
• Colocar a tampa do frasco estéril na mesa com a parte interna para cima a fim de evitar contaminação.
• Desprezar os primeiros 5-7 jatos para reduzir os contaminantes microbianos e assim melhorar a qualidade sanitária do leite ordenhado.
• Pegar o frasco, colocando-o abaixo da aréola.
• Realizar o processo de extração láctea como demonstrado nas figuras 4, 5 e 6.

AGOSTO DOURADO 8

Figura 4 - Colocar o polegar sobre a borda superior da aréola e o dedo indicador abaixo da borda inferior. Manter os dedos estendidos durante toda a manobra, a fim de comprimir uma maior área da mama.

AGOSTO DOURADO 9

Figura 5 - O movimento dos dedos deve ser de pressão contra a pele, para trás, fazendo ao mesmo tempo um movimento de aproximação, de forma paralela, dos mesmos. Evitar o “esfregar” dos dedos na pele e a expressão no mamilo.

AGOSTO DOURADO 10

Figura 6 - Repetir a manobra revezando a posição dos dedos acima e abaixo, à direita e a esquerda da borda da aréola quantas vezes forem necessárias, por 10-15 minutos em cada mama ou até 2 minutos após o término do fluxo de leite em cada mama.

• Após o término da extração láctea, fechar o frasco não tocando na parte interna da tampa.
• Colar uma etiqueta adesiva na parede do frasco com data e horário da extração láctea.
• Colocar, imediatamente após a extração láctea, o frasco de leite na geladeira ou congelador ou freezer.

 

Extração do leite com bomba de extração láctea
Escolher a bomba de extração láctea. Usar de preferência bomba com regulagem de pressão.
Não usar bomba do tipo buzina de bicicleta, pois não é possível a limpeza adequada do bulbo de borracha o que pode levar a contaminação do leite.
Realizar a limpeza e esterilização das peças da bomba, que tenham contato com o leite, da mesma maneira para o preparo do frasco, descrito acima.

 

ARMAZENAMENTO DO LEITE MATERNO

O leite materno se não for consumido imediatamente após a extração deverá ser mantido em geladeira ou freezer para impedir o crescimento de microorganismos que podem provocar alterações em sua composição.

Tempo de validade do leite
Em geladeira a validade é de 12 horas.
Em congelador ou freezer a validade é de 15 dias.

Administração do leite

 AGOSTO DOURADO 11

Amornar o leite em banho-maria (água quente em fogo desligado), agitando o vidro lentamente.
O leite não deve ser fervido e nem aquecido em micro-ondas.
Amornar apenas a quantidade de leite que o bebê for utilizar.
O leite morno que sobrar deve ser desprezado.
Oferecer o leite por copo. 

 

Links relacionados:

https://portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br/atencao-crianca/covid-19-e-aleitamento-materno-orientacoes-da-sbp-e-rblh/

https://portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br/atencao-recem-nascido/amamentacao-covid-19-aleitamento-materno/

https://portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br/atencao-recem-nascido/recomendacoes-para-o-metodo-canguru-em-tempos-da-pandemia-de-covid-19/

https://portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br/biblioteca/covid-19-e-amamentacao-nota-tecnica-no-7-2020-dapes-saps-ms/

https://portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br/biblioteca/fluxo-de-decisao-para-amamentacao-no-contexto-da-covid-19/

https://portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br/wp-content/uploads/2020/05/Perguntas_frequentes_amamentacao_COVID_19.pdf

https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32243068/

https://rblh.fiocruz.br/covid-19-e-amamentacao-recomendacao-n0120170320

https://www.cdc.gov/breastfeeding/breastfeeding-special-circumstances/maternal-or-infant-illnesses/covid-19-and-breastfeeding.html

https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=6130:covid-19-materiais-de-comunicacao&Itemid=0

https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/22393c-Nota_de_Alerta_sobe_Aleitam_Materno_nos_Tempos_COVID-19.pdf

https://www.sbp.com.br/fileadmin/user_upload/22467f-NA_-_AleitMat_tempos_COVID-19-_na_matern_e_apos_alta.pdf

https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-42302020000400541

https://www.spsp.org.br/2020/04/17/aleitamento-materno-e-covid-19-o-que-sabemos-ate-agora/

https://www.unicef.org/coronavirus/breastfeeding-safely-during-covid-19-pandemic

https://www.unicef.org/eap/breastfeeding-during-covid-19

https://www.who.int/es/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/question-and-answers-hub/q-a-detail/q-a-on-covid-19-pregnancy-and-childbirth

 

CAISM nas Redes Sociais:

Facebook: hospitaldamulherdaunicamp

Instagram: caismhospitaldamulher

Youtube: Caism - Hospital da Mulher J. A. Pinotti

 

Copyright © 2018 - CAISM/UNICAMP - Todos Direitos Reservados.