Sérgio Reis e Dadá Maravilha 'agitam' Caism por um 'Outubro Rosa'

“Ô mulherada bonita! ”. Com essas palavras Sérgio Reis atravessava os corredores do Hospital da Mulher “Prof. Dr. J.A. Pinotti – Caism da Unicamp. Estava rodeado de gente, entre eles o ex-jogador Dadá Maravilha, e o apresentador Pedro Leonardo, do programa “Mais Caminhos” da EPTV, além de uma série de jornalistas e técnicos. Funcionárias e funcionários, médicos, pacientes e visitantes do hospital queriam conhecer de perto o cantor, com seus quase dois metros de altura.

A visita foi parte da programação do “Outubro Rosa”, campanha de prevenção ao câncer de mama (veja matéria). Sérgio Reis ficou de mãos dadas com a mulher, Ângela Márcia. Lembrava o tempo todo que o casal também já venceu o câncer: ele um melanoma, ela o câncer de mama. Seguiram pela Oncologia Clínica, onde estão pacientes mais graves visitando cada leito e atendendo aos pedidos de canções, uma delas “Tocando em Frente”, de Almir Sater.

Dona Isabel de Fávari, de Itatiba, pediu que os visitantes famosos fossem até o quarto onde está a filha dela, Maria Regina. “Sou fã do Sérgio desde menina”, confidenciou. No quarto onde havia mais duas pacientes, a música se estendeu mais um pouquinho. “A gente ama eles. Eu nem acreditei. A gente já orou muito por eles. Pelo Pedro, quando sofreu o acidente nós oramos muito. Agora eu pedi para ele que o milagre que ele recebeu, que passe para minha filha que está aqui lutando para sobreviver”. Maria Regina sorriu e também agradeceu. “Foi uma alegria imensurável recebê-los”.

Passaram pela Oncologia Cirúrgica, onde mulheres recebem o diagnóstico e são encaminhadas para cirurgia. Sérgio Reis sentou-se ao lado de uma paciente e conversou por mais tempo do que a programação da visita permitia. De lá seguiram para o setor de radiologia e para o saguão do Caism, onde houve mais conversa e uma cantoria. Sérgio Reis, deputado federal, falou de política. Disse que se há gente ruim, também há muita gente séria no Congresso. Depois falou sobre o câncer.

“Hoje vim trazer um pouco do meu carinho e das minhas palavras, trouxe a minha esposa que também já foi paciente, já tirou as duas mamas. É uma doença que judia, não só da pessoa como também da família, é uma incerteza, mas não podemos nos abandonar” disse, e a esposa complementou: “o que posso dizer é que é mais um problema da vida, só mais um problema da vida, que a gente vai passar”.sergio reis dada maravilha

                        O diretor executivo do Caism Luis Sarian (no canto direito) acompanhou os artistas

 

sergio reis pedro leonardo

                          O cantor, Dadá Maravilha e Pedro Leonardo conversaram com pacientes e visitantes que esperavam atendimento

A presença do cantor na campanha “Outubro Rosa” do Caism foi atendendo ao pedido feito por Dadá Maravilha. A filha do ex-jogador, Raquel Araújo dos Santos Berti trabalha na área de relações institucionais do hospital. “Fiquei conhecendo a história desse pessoal do hospital que luta para salvar vidas, minha filha me chamou e eu estou aqui fazendo amizades, pedi que o Sérgio Reis viesse e ele veio”, comentou Dadá que também distribuiu autógrafos e ouviu muitos “você deu muitas alegrias para a gente”, em referência a carreira dele na Seleção Brasileira, no Atlético Mineiro ou na Ponte Preta.

Mais Caminhos
A visita de Pedro Leonardo, acompanhando Dadá Maravilha e Sérgio Reis, foi por causa da gravação do programa de TV “Mais Caminhos” no Caism, aproveitando o tema da campanha. “Nós viemos conversar com as mulheres, conhecê-las e abraçá-las. As pessoas chegam aqui com uma batalha e saem vitoriosas”, comentou o apresentador.

Para o diretor executivo do hospital, o oncologista Luis Otávio Zanatta Sarian, a visita e a gravação do programa aumentam a visibilidade do hospital e da marca Unicamp. “São pessoas que estão apoiando o Caism tanto em sua atividade parlamentar como artística. Nós queremos projetar a nossa marca para que isso se reverta em benefícios para o crescimento do hospital, já que os recursos públicos são limitados”. Ele lembrou que o hospital é hoje o maior centro de atenção ao câncer de mama do interior do estado de São Paulo, onde são atendidos 480 casos novos por ano.

Vídeo - Registro Geral - Outubro Rosa 2017

 

06, OUT - 2017 | 16:08 ATUALIDADES
Autor: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Fotos: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Edição de imagem: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Vídeo: TV Unicamp

Copyright © 2017 - CAISM/UNICAMP - Todos Direitos Reservados.