Grupo de Diabetes abre inscrições para encontros

O objetivo deste grupo é acompanhar os portadores de Diabetes Mellitus, motivá-los ao autocuidado e às boas práticas de saúde. Os encontros ocorrerão no CIPOI – ao lado do prédio do CECOM, das 08h30 às 10h00. Para participar, basta agendar cada encontro na recepção do CECOM.

Confira abaixo o cronograma dos encontros do 1º semestre de 2017:

10/02/2017
Tema: Medicação em diabetes

10/03/2017
Tema: Adesão ao tratamento

07/04/2017
Tema: Diabetes e Saúde bucal

12/05/2017
Tema: Complicações no diabetes

09/06/2017
Tema: Prevenção de doença ocular no diabetes

Se você é portador de diabetes ou pré-diabetes, participe!

Saiba mais: Alimentação e Diabetes

Texto escrito pela nutricionista Ana Lúcia Carletti de Moraes

O que é o Diabetes Mellitus ou Diabete Melito?

É o aumento da glicose como consequência de defeitos na insulina ou na secreção da insulina.

Sinais e sintomas

  • Cansaço fácil;
  • Muita sede;
  • Aumento de apetite;
  • Urina aumentada;
  • Emagrecimento sem alteração na ingestão alimentar.

Órgãos que podem ser afetados no diabetes descompensado:

  • Vasos sanguíneos,
  • rins,
  • visão,
  • coração,
  • pés,
  • e outras partes do corpo.

O que é Carboidrato?

É o nutriente que fornece a energia necessária para a pessoa se movimentar, realizar trabalhos, enfim, viver, e é encontrado nos alimentos.

Após ser ingerido é rapidamente convertido em glicose, que é fonte de energia para as células do nosso corpo, sendo uma fonte rápida de energia para o cérebro.

Se ingerido em grandes quantidades pode alterar a glicemia no sangue.

Em quais alimentos encontramos o carboidrato?

  • Açúcar de mesa, mel, açúcar do leite e das frutas, garapa, rapadura, balas, chicletes, doces em geral, refrigerantes;
  • Cereais e derivados, como arroz, trigo, centeio, cevada, milho, aveia, farinhas (de trigo, de milho, de mandioca), massas, pães, biscoitos, macarrão, polenta, pipoca, tapioca, cuscuz;
  • Tubérculos: batata-doce, batata, inhame, cará, mandioca, mandioquinha;
  • Leguminosas: feijões, ervilha, lentilha, grão-de-bico e soja.

Na refeição escolha apenas UM destes alimentos:

  • Arroz OU 
  • Batata OU 
  • Macarrão OU 
  • Farofa OU 
  • Mandioca OU 
  • Polenta OU 
  • Cará OU 
  • Inhame OU 
  • Pão.

Não é recomendável comer mais de um destes alimentos na mesma refeição. Fique atento na quantidade.

Doces são proibidos?

Não, mas também não devem ser consumidos com frequência. Consuma em pequena quantidade.

O que é Índice Glicêmico dos alimentos?

Indica a velocidade que o carboidrato de cada alimento é absorvido em relação à glicose ou ao pão branco. Quanto menor o índice glicêmico do alimento, melhor para controlar a glicemia no sangue.

Exemplos:

 
Tabela de Índice Glicêmico
ALTO (>85) MÉDIO (60-85) BAIXO (>60)
Glicose Ceriais Integrais Maça
Açucar simples Banana Feijão
Mel Uva Ervilha
Pães Brancos Aveia Lentilha
Doces Massas Figo
Arroz Branco Arroz Integral Pêssego
Ceriais Matinais Pães com Fibras Ameixa
Refrigerantes Milho Leite
Bebidas Esportivas Batata com casca Iorgute Natural
Batata sem casca Mandioca Pêra
Sorvetes    
Frutas em Caldas    
Salgadinhos    


Fibras

São componentes de alguns alimentos que ajudam no funcionamento do intestino, na prevenção e tratamento de doenças como certos tipos de câncer, pressão alta, diabetes e outras.

Fazem com que a absorção da glicose dos alimentos que comemos seja mais lenta, assim a glicose do sangue não sobe muito depois das refeições.

Estão presentes em alimentos de origem vegetal:

  • Folhas
  • Legumes
  • Frutas com casca
  • Cereais integrais (trigo, aveia, farelos, arroz integral, pão integral, macarrão integral), ou seja, em alimentos consumidos com cascas e bagaços.

Informações Importantes:

Carnes, ovos e queijos não contêm carboidrato, mas possuem outro nutriente chamado proteína que, se consumido em excesso, também altera a glicemia e sobrecarregam os rins.

Alguns desses alimentos também contêm gorduras que, em exagero, podem levar a problemas de saúde como obesidade, pressão alta, doença renal, aumento nas taxas das gorduras do sangue e doenças cardíacas.

Alimentos DIET

O termo diet somente é utilizado quando o produto não apresenta um determinado ingrediente, como açúcar ou gordura.

Alimentos LIGHT

O alimento light apresenta redução de no mínimo 25% no valor energético (calorias) ou no conteúdo de algum componente (açúcar, gordura, colesterol, sódio, entre outros) em relação ao alimento de referência ou convencional.

LEIA O RÓTULO DOS ALIMENTOS:

Lista de Ingredientes: Informa os ingredientes que compõem o produto. A leitura dessa informação é importante porque o consumidor pode identificar a presença de termos, como açúcar, sacarose, glicose, ou outros tipos de açúcar, como a dextrose.

A lista de ingredientes está em ordem decrescente, isto é, o primeiro ingrediente é aquele que está em maior quantidade no produto e o último, em menor quantidade.

Como preparar e escolher os alimentos?

Em vez de fritar os alimentos, fazê-los assados, grelhados ou cozidos com pouco óleo (coxinha, pastel, batata, bife a milanesa, croquete, etc.) os deixa mais saudáveis.

Troque creme de leite, leite condensado, glacê, chantilly, balas, chicletes, pudim, mousses, pavês, refrigerantes, bolos etc.

Por doces de frutas feitos sem açúcar ou com adoçante, frutas secas, chocolates com 70% ou mais de cacau.

Cecom - 16 de janeiro de 2017

Copyright © 2017 - CAISM/UNICAMP - Todos Direitos Reservados.