Oncologia Ginecológica

Diretor da Área
Prof. Dr. Luiz Carlos Zeferino

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Ao lado de outras instituições de ponta no Estado de São Paulo, o CAISM tem um papel importante para a Secretaria de Estado da Saúde, na assistência às pacientes com tumores ginecológicos e mamários, tanto de nossa Região Metropolitana, como de outras do Estado e do País.

Aproximadamente um terço dos óbitos de mulheres, decorrentes de câncer, tem como causa tumores dos tipos que tratamos na Divisão de Oncologia do CAISM, que é a principal instituição para tratamento dessas doenças da Região Metropolitana de Campinas.

O atendimento é realizado de forma multidisciplinar, com várias áreas de atuação: Mastologia (atendimento às mulheres com problema na mama), Oncologia Ginecológica (tumores dos órgãos genitais das mulheres), Oncologia Clínica (tratamento clínico dos tumores – quimioterapia e hormonioterapia), Radioterapia (tratamento dos tumores com radiação ionizante), Cirurgia Plástica (principalmente na reconstrução de mama após mastectomia), além da Fisioterapia, Psicologia, Enfermagem e outros setores auxiliando na recuperação das pacientes em uma das fases mais difíceis de serem enfrentadas em suas vida.

A Divisão de Oncologia se pauta na manutenção da paciente como mãe – esposa – filha e cidadã, e daí nossa atuação multidisciplinar, com participação de diversas modalidades médicas e para-médicas, incluindo serviços de assistência religiosa (capelania).

Os ambulatórios que compõem a Divisão de Oncologia atuam nas áreas de Mastologia, Oncologia Ginecológica, Oncologia Clínica e Radioterapia. Os serviços de internação nas Enfermarias da Divisão, que têm 35 leitos, tanto para cirurgias como para tratamentos clínicos. As nossas Enfermarias mudaram para um novo, amplo e moderno edifício recém-construído.

No Ambulatório de Mastologia é oferecido atendimento especializado em doenças da mama, principalmente as neoplasias (câncer), ou das outras doenças da glândula mamária. Ativo desde a inauguração do CAISM, o ambulatório tem como missão servir de referência secundária e terciária para as unidades de saúde de Campinas e região para esclarecimento diagnóstico, tratamento especializado e acompanhamento dos pacientes com diagnóstico de doença mamária, em especial o câncer de mama.

O câncer de mama tem cura, desde que diagnosticado cedo. O tratamento cirúrgico pode ser realizado, dependendo de cada caso, sem ser realizada a retirada da mamas. Mas se isto for necessário, pode-se fazer a reconstrução da mama com o auxílio da cirurgia plástica, que pode propiciar bons resultados cosméticos e, principalmente, psicológicos pela atuação na esfera da auto-estima da mulher. As estratégias de atuação para a prevenção do câncer de mama podem ser classificadas em dois tipos: as que visam evitar a sua formação (prevenção primária), e as que têm por objetivo sua detecção precoce (prevenção secundária).

No setor, além do atendimento clínico, são realizados procedimentos diagnósticos (mamografia, ultrassonografia, biópsias), acompanhamento pós-operatório (curativos e drenos) e indicados tratamentos complementares (cirurgia, radioterapia, quimioterapia, hormonioterapia). Na Brasil, e na maior parte do mundo desenvolvido, o câncer de mama é o que causa o maior número de óbitos por tumores, sendo que toda equipe desta Divisão do CAISM procura se esmerar para tentar diminuir o problema. Sabemos que um diagnóstico precoce e um tratamento adequado às técnicas mais modernas podem e têm a capacidade de diminuir esta mortalidade.

Nos Ambulatórios da Oncologia Ginecológica, divididos em áreas específicas, são atendidas mulheres com tumores da vulva, vagina, colo uterino, corpo uterino e dos ovários. Infelizmente certos tumores que estão em declínio em paises desenvolvidos, como os do colo uterino, ainda são problemas para a Saúde Pública. Em nossa Divisão ainda temos um número considerável de mulheres com este tipo de tumor que podem ser evitados por uma atuação preventiva eficaz através de programas de prevenção. Na Região os números têm sido menores, graças ao exame “de Papanicolau” (colpocitologia oncológica), porém ainda temos no País muitos locais em que esta não é a realidade. No CAISM contamos com o Laboratório de Citopatologia, que realiza cerca de 280 mil destes exames por ano, atendendo a demanda interna do CAISM e da DRS 7 – Diretoria Regional de Saúde de Campinas.

Vamos explicar um pouco melhor a atuação de alguns dos nossos ambulatórios:

No Ambulatório de Patologia do Trato Genital Inferior – vulva - a atuação se faz em relação às patologias vulvares, principalmente neoplasias (câncer). Atua em parceria com diversos órgãos da região para servir de referência secundária e terciária para as unidades de saúde de Campinas e região para esclarecimento diagnóstico, tratamento especializado e acompanhamento das pacientes com diagnóstico de doença vulvar, em especial o câncer de vulva.
Neste setor, além de atendimento clínico são realizados procedimentos diagnósticos como: vulvoscopia, teste de Collins, biópsia de vulva, eletro cirurgia de alta freqüência, acompanhamento pós-operatório (curativos e drenos) e indicação de tratamentos complementares como: biópsias cirúrgicas amplas, vulvectomias, linfadenectomias, radioterapia e quimioterapia.

O Ambulatório de Patologia do Trato Genital Inferior – colo uterino - é direcionado um atendimento especializado às mulheres com câncer de colo do útero e lesões precursoras deste tumor. Além do diagnóstico é realizado tratamento especializado e acompanhamento pós-tratamento. Neste setor, além de atendimento clínico ginecológico são realizados procedimentos como colposcopia, coleta de citologia, biópsia, conizações com cirurgia de alta freqüência, acompanhamento pós-operatório (curativos e drenos) e indicação de tratamentos complementares como radioterapia, quimioterapia, cirurgias e internações.

No Ambulatório de Câncer do Endométrio e do Corpo Uterino - o atendimento é especializado em patologias uterinas, principalmente neoplasias (câncer) do endométrio e do corpo uterino (carcinomas e sarcomas). Também atua como referência secundária e terciária para as unidades de saúde de Campinas e região para esclarecimento diagnóstico, tratamento especializado e acompanhamento das pacientes com diagnóstico de câncer do corpo do útero..
Neste setor, além de atendimento clínico são realizados procedimentos diagnósticos como: biópsia do endométrio, indicação do tratamento cirúrgico, radioterapia e quimioterapia (histerectomias, cirurgias de estadiamento para carcinoma do endométrio com linfadenectomia) e seguimento periódico após o tratamento.

No Ambulatório de Oncologia Pélvica - ovário - são recebidas pacientes com tumores anexiais, principalmente neoplasias (câncer) de ovário que recebem esclarecimento diagnóstico, tratamento especializado e acompanhamento nos casos com diagnóstico de massa anexiais sugestivas de neoplasia. O índice de cura para esta neoplasia, como para todas as outras, é maior desde que o tumor seja diagnosticado precocemente.
Neste setor, além de atendimento clínico ginecológico são realizados procedimentos de oncologia clínica, acompanhamento pós-operatório (curativos e drenos) e indicação de tratamentos complementares como quimioterapia, cirurgias e internações.

A atuação da Equipe desta Divisão de Oncologia Ginecológica e Mastologia se faz de forma a unir todos os Setores a fim de termos um atendimento multidisciplinar, forma considerada a melhor para atenção às pacientes com câncer.

Contato:

Divisão de Oncologia Ginecológica e Mamária
CAISM / UNICAMP
Rua Alexander Fleming, 101
Cidade Universitária
Campinas - SP
CEP 13.083-881

Fone/FAX contato: (19) 3521-9305

Saiba mais sobre Oncologia nos sites:

www.sboc.org.br
www.sbcancer.org.br
www.sbmastologia.com.br

Copyright © 2017 - CAISM/UNICAMP - Todos Direitos Reservados.